Um escravo de pedais de guitarra


Desintoxicando e conhecendo bem seu equipamento de guitarra, contrabaixo ou teclado.


Você é um escravo de seus pedais de guitarra e efeitos de guitarra ? Não somos nós todos? É fácil ficar cego por todos os efeitos disponíveis no mercado hoje. Cada pedal parece mais irresistível do que o outro, mas nós realmente precisamos de todos eles ? Neste caso, vamos pensar no  básico e ter um olhar crítico sobre o GAS (Gear Acquisition Syndrome) que todos nós amantes de pedais de guitarra sofremos.

escravo-de-pedais-de-guitarra

Não me leve a mal, eu amo pedais e eu adoro efeitos. Eu não consigo esperar para ver o que as empresas lançam a cada ano ou mês. Eu tenho o GAS e eu tenho medo que isso não tenha cura.

Isto não é um discurso contraditório sobre pedais ou os fabricantes por trás deles, mas sim uma realidade. De vez em quando eu acho que é legal dar uma boa olhada em seu pedalboard e perguntar a si mesmo : EU REALMENTE PRECISO DE TUDO ISSO ?

Há duas razões pelas quais você precisa fazer a si mesmo essa pergunta:
Um: Quanto mais ítens que você colocar entre sua guitarra e amplificador, mais o seu timbre vai sofrer. Você pode compensar com buffers ou boosters, melhores cabos etc, mas o que você está fazendo realmente está adicionando mais perda a seu sinal de guitarra e também e não menos importante, gastando mais dinheiro.

Dois: Quanto mais "coisas" você tiver; guitarras, amplificadores e pedais, mais você vai perder o foco no que realmente importa: se tornar um melhor músico e compositor. Claro que um pedal de guitarra pode inspirar a escrever novas músicas, ou você pode realmente precisar dele e desta forma não estão  lhe tirando o foco em tocar bem.

mp3-audio-drums


Desintoxicação:
Então, qual é o remédio ? Qual a cura ? Engenheiros de estúdio ou produtores falam sobre desintoxicar seu estúdio. O que isto significa é que de vez em quando eles pegam todo o seu hardware e plugins e se desfazem do que eles não têm vindo a utilizar durante algum tempo.

Isso também significa que você deve avaliar seu pedalboard ou sua central multi-efeitos e apagar tudo o que não estiver usando, uma forma de se manter focado em seu trabalho.

Esta desintoxicação também aplica-se a tocar guitarra. De vez em quando, dê uma boa olhada em seu pedalboard, estúdio ou quarto, e pergunte-se: "eu realmente preciso de tudo isso?".

Você realmente precisa ter uma pedaleira cheia de vários pedais que fazem a mesma coisa ou soam semelhantes ? Você precisa ter 4, 5 ou mais guitarras ? Isso lhe torna um guitarrista melhor ?

Crie limites:
Limitando-se ao mínimo de equipamento que você realmente precisa, pode forçá-lo a inspirar-se e criar novos sons e técnicas baseadas no fato de que você não tem todas as ferramentas disponíveis no ao seu dispor.

Isto é o que guitarristas e engenheiros da década de 50 e 60 faziam todos os dias. Quer distorção? rasgue ou faça um buraco no alto-falante ou toque bem alto e suas válvulas irão distorcer. Quer flanger ? Coloque o dedo sobre um dos rolos de fita e você tem flanger...


tons-relativos

Um dos melhores pedais para criar limitações e testes seria um bom fuzz (germânio) clássico. Como um exercício, retire de seu pedalboard todos os seus pedais de overdrive e distorção e tente obter o máximo que puder com seu fuzz.

Aumentar o canal limpo ou distorcido em seu amplificador, pode produzir OVERDRIVEN que é a saturação de seu amplificador fazendo-o gritar quando você precisa dele.

Hendrix era um mestre no fuzz e ele conseguiu fazê-lo soar como pelo menos dez pedais diferentes apenas utilizando o potencial dos controles sobre o pedal, guitarra e seu amplificador.

Plug and play:
Chega-se a um ponto que você provavelmente não sabe ou não se lembra de como sua guitarra e amplificador realmente soam. Há tantos pedais ou efeitos ligados ao mesmo tempo que nós perdemos o foco no básico.

Muito mais que um metrônomo, um baterista ! Você conhece o MP3 Audio Drums Kit ?

Se você não está acostumado a ligar a sua guitarra em linha direta no amplificador pode ser um tanto assustador e desanimador. Não há nada cobrindo seus erros ou sua técnica desleixada quando se faz isso.

É transparente e muito revelador - entenda que desligar todos os seus pedais não é a mesma coisa que plugar sua guitarra direto ao amplificador. Tente e ouça a diferença.

Eu acho isso muito inspirador. Sem efeitos noto que eu toco de forma diferente. Eu escuto o que estou tocando de uma maneira diferente e eu fico mais focado no que realmente está acontecendo ao meu redor.

Sem qualquer plugins ou efeitos, ficam apenas as faixas gravadas, e, se elas soam ruíns, então nenhum plugin, pedal ou efeito será capaz de fazer soar bem.

Conheça seu equipamento:
Você precisa conhecer seu equipamento. O maior erro que eu vejo as pessoas cometerem é quando elas conectam sua nova guitarra em linha direta na pedaleira ou pedalboard.

Você nunca vai ser capaz de aprender e experimentar sua nova guitarra realmente e como ela interage com o seu amplificador se não pugá-la direto ao amp.

Passe algum tempo com sua nova guitarra experimentando-a sem efeitos. Saiba como os diferentes captadores interagem uns com os outros. Use o controle de volume para moldar o seu timbre e aumentar a dinâmica.
31-acordes-brinde
Será que o braço desta guitarra torna-a diferente de minha outra guitarra ? A altura das cordas ou a espessura é muito fina ? Quaisquer suposições ou negligência vai fazer sua aquisição ser completamente desperdiçada.

O mesmo vale para o amplificador. As experiências com os controles e, se houver, os diferentes canais. Como esta nova guitarra e meu amplificador interagem ? Preciso ajustar as configurações em meu amp entre minhas guitarras ou dá pra achar um meio termo ?

Até agora você deve ter percebido que você não precisa de muitos pedais e efeitos para conhecer sua guitarra e amplificador intimamente, Compressores, boosters, overdrives e equalizadores são muitas vezes utilizados para compensar algo que o seu amplificador não pode fazer ou que você acha que não poderia fazer.

O ajuste correto do amplificador que corresponde ao timbre da sua guitarra e talvez até mesmo eliminar alguns pedais ou pelo menos a necessidade de usá-los tanto pode significar um sinal mais limpo e menos foco em sua pedaleira e mais foco no seu modo de tocar guitarra.

Eu preciso de todos esses pedais:
Então que tal tentar emular uma vasta gama de seus timbres favoritos com os pedais que você já possui ? Aplique os princípios lidos acima.

Se você está tentando simular timbres de David Gilmour como eu mas está muito difícil, basta usar os pedais que você realmente precisa ou possui. Concentre-se em seu modo de tocar e técnica e não sobre os detalhes do pedalbaord do David Gilmour...

mp3-audio-drums-kit
Agora, se você é um colecionador sério, então eu suponho que você está coletando e não tentando preencher mais um pedalboard. Ainda assim, não há nada errado em coletar gear ou imitar o timbre de outro artista, mas independentemente se você está escrevendo sua própria música ou prestando algum tributo, você deve levar sua música a sério.

Tenha foco no que você está fazendo e ao que você deseja alcançar. Não tenha muitas distrações a sua frente e sempre pergunte-se duas vezes quando você sentir vontade de comprar novos equipamentos. Eu realmente preciso disso ?

Gilmourish.Com: É escrito, desenhado e idealizado pelo entusiasta por Pink Floyd / David Gilmour e guitarrista "Bjørn Riis". Bjørn toca guitarra na banda de rock progressivo "Norwegain Airbag", e atua como David Gilmour na banda tributo "The Pink Floyd Experience".
Artigo original:http://www.gilmourish.com/?p=6704


Gostou do artigo ? Comente, curta e compartilhe !

Recomendado para você !