Como Eddie Van Halen envenena uma guitarra


O Deus da Guitarra Elétrica é também inventor e detentor de algumas patentes.


O deus da guitarra é um inventor e também detentor de patentes. Ele passou a melhor parte dos seus 35 anos nesta garagem, reconstruindo e modificando guitarras e amplificadores, em busca de seu próprio timbre.

Eddie-Van-Halen-envenena-guitarra

Eu sempre fui um funileiro. Isso vem de meu pai. Uma noite, meu pai chegou em casa tarde da noite, ele vinha de um show às três da manhã.

Ele tinha bebido um pouco. Tinha um trailler na porta de nossa casa impedindo a entrada, então ele diz: "Esta coisa está me impedindo de entrar novamente em casa."

Então ele saiu do carro e tentou retirá-lo. Assim que ele empurrou o trailer, uma lâmina de aço presa ao trailler caíu sobre seu dedo e decepou uma parte dele.

Muito mais que um metrônomo, um baterista ! Você conhece o MP3 Audio Drums Kit ?

Isto foi um problema. Além dos motivos óbvios de perder uma parte do dedo, ele tocava clarinete e saxofone. Em um sax, você não precisa tapar o buraco com o dedo, uma válvula fecha-se sobre ele.

Mas com um clarinete, você tem que tapar o buraco inteiro com seus dedos; então ele pegou uma tampa de válvula de saxofone e adaptou-a para trabalhar em seu clarinete.

Outra coisa engraçada aconteceu mais tarde em sua vida, quando ele começou a perder os dentes. Você precisa de seus dentes inferiores para tocar um instrumento de palheta como um sax ou clarinete.

Em vêz de ir ao dentista, ele criou uma prótese perfeita em forma de Teflon branco que preenchia a lacuna onde os seus dentes estavam faltando. Uma vêz ele escorregou quando estava tocando e então caiu com a boca no chão.

Vê-lo fazer esse tipo de coisa incutiu uma curiosidade em mim. Se algo não faz o que você quer ou deseja que faça, há sempre uma maneira de corrigi-lo.

Guitarra padrão de fábrica:

Meu estilo de tocar realmente cresceu a partir do fato de que eu não podia comprar um pedal de distorção. Eu tinha que tentar extrair os sons de minha guitarra ou  envenenar uma guitarra. O primeiro trabalho que eu fiz foi no meu quarto mesmo.

Eu troquei os captadores da guitarra, porque eu não gostava do som dos captadores originais. Eu não podia comprar um "formão" eu nem sabia o que era um, então comecei a martelar com uma chave de fenda.

Isso não funcionava sempre. Pedaços de madeira voaram e havia serragem voando por todo o lado. Mas eu estava em uma missão: envenenar uma guitarra. Eu sabia o que eu queria e eu só fiquei satisfeito até que eu finalmente cumpri o que eu queria.

A maioria dos braços de guitarra são muito redondos na parte de trás, por isso, peguei uma lixa e lixei o braço para ficar o mais plano possível.

Muito mais que um metrônomo, um baterista ! Você conhece o MP3 Audio Drums Kit ?

Na verdade, eu troquei os trastes de algumas guitarras no início, pois eu queria raspar a escala e tornar o braço ainda mais plano. Eu poderia dar um bend em uma corda subindo o tom o mais longe que eu pudesse sem me preocupar em sair da escala do braço e sem trastejar quando a corda atinge um traste mais alto no braço.

tons-relativos-circulo-quartas-quintas

Uma outra questão que eu tinha com Guitarras Fenders pelo menos, foi o verniz transparente que tinha na escala do braço da guitarra. Quando você sua, seus dedos escorregam demais ou ficam pegajosos. Eu não aguentava isso ! Então quando eu construí a minha primeira guitarra, eu usei madeira natural.

Meu próprio suor e óleo iriam torná-la suave. Levou um monte de tempo para conseguir isso, em compensação me senti muito melhor do que com qualquer produto sintético que eu pudesse colocar na guitarra.


A barra de tremolo ou vibrato:

Barras de vibrato na guitarra (também chamadas de whammy bars, tremolos, ponte flutuante) simplesmente não mantinham a guitarra afinada.

O problema estava no nut da guitarra. No primeiro álbum eu usei uma ponte padrão sem travas no nut como a das guitarras Fender. Depois eu fiz meu próprio nut, lubrifiquei com um pouco de óleo fino, tanto que as cordas pudessem deslizar facílmente entre as ranhuras do nut sem prender.

Também nivelei as cordas depois do nut indo em direção as tarraxas. Em vez de enrolar as cordas para baixo nas tarraxas criando um ângulo e fazendo com ficassem tencionadas demais eu enrolei as cordas no nível do nut.

Como não tinha trava no nut, eu sempre me lembrava de colocar meus dedos sobre o nut quando eu dava algumas alavancadas mais agressivas, de outra forma as cordas saltariam pra fora.

Eddie-Van-Halen-Trabalhando

Amplificadores:

Se fosse possível eu modificar algo para melhorar, certamente eu faria. Abri um amplificador e mais tarde descobri um controle de polarização que controla a força das válvulas de saída.

Muito mais que um metrônomo, um baterista ! Você conhece o MP3 Audio Drums Kit ?

Eu estava bisbilhotando, e de repente eu toquei nessa coisa enorme e azul, meu Deus, foi como se eu levasse um soco do Mike Tyson no peito.

Todo o meu corpo enrijeceu, acho que me jogou longe. Eu tinha tocado em um capacitor. Eu não sabia que eles guardavam tensão.

O amplificador Marshall que eu trouxe para casa da loja onde eu trabalhava só era bom se você colocasse-o no máximo. Qualquer volume ou grau menor e você perderia a distorção.

Eu precisava daquilo, mas era impossível tocar em qualquer lugar com o volume tão alto, então eu tentei tudo, abafando-o, deixando ele virado  para baixo. Eu queimei muitos fusíveis fazendo isso.

Felizmente, eu conheci um regulador de tensão modelo Variac logo depois. Eu tinha comprado um outro amplificador Marshall, e eu não tinha idéia do que era na verdade um modelo europeu.

Eu liguei o amplificador, e eu fiquei esperando ele aquecer e pensando: "eu fui roubado, não há nenhum som saindo !" Bola fora, voltei uma hora mais tarde pra tentar mais uma vêz. Eu tinha deixado o amplificador ligado o tempo todo.

Eu não sabia que ele era definido em 220v, então quando eu toquei minha guitarra no que eu achava que soaria como um Marshall no talo, tudo foi muito tranqüilo.

Foi quando eu percebi que havia algo acontecendo com a tensão de entrada. Fui até uma loja e perguntei se havia algum tipo de transformador que me deixaria ajustar a tensão, e o vendedor me apresentou o Variac.

Eu liguei no amplificador e controlei a tensão a partir daí. Desta forma isso tornou-se o meu botão de volume. Eu definia a voltagem dependendo do tamanho da sala que estávamos tocando, conseguindo feedback em qualquer volume.

MP3-Audio-Drums-Kit

Captadores:

Minha primeira guitarra de verdade foi uma Les Paul Goldtop. Eu era uma aberração total tentando tocar como Eric Clapton, eu vi fotos antigas dele tocando uma Les Paul com captadores humbucking, e a minha guitarra tinha os captadores P-90 de bobina única (single coils).

A primeira coisa que fiz foi adaptar e colocar um humbucker. Quando estávamos fazendo shows, as pessoas diziam: " Como é que ele consegue têr som de humbucker tocando com P90 ? Minha mão sempre estava cobrindo o humbucker, eles nunca perceberam que eu troquei o captador da ponte.

Quando minha guitarra era preta e branca, eu fiz meu próprio escudo de guitarra para que ele pudesse cobrir os buracos do captador que eu tinha removido. Mas quando eu pintei de vermelho em cima do preto e branco, que é como o escudo é agora, não achei que ficou legal com o captador preto.

O escudo cobria a maior parte da pintura da guitarra. Decidi tirar o interruptor e fixá-lo no meio e colocar um captador a mais na frente, mesmo que eu não fosse usá-lo. Eu não estava tentando enganar ninguém. Na verdade eu não sabia como ligá-lo novamente.

O último lance que eu fiz foi a adição de cêra de parafina no meu captador. Captadores de instrumentos musicais podem gerar ruídos, feedback ou alguns sons que você às vezes ouve quando alguém fala em um microfone.

Eu pensei que talvez os enrolamentos da bobina do captador emitissem muita vibração. Então o que eu fiz, e eu não tenho nenhuma idéia de onde veio essa idéia; fui comprar uma placa de metal, tijolos de parafina, e pedir a minha mãe um pote para colocar a parafina.

Claro que eu arruinei um monte de captadores, porque a parte de plástico derretia antes que eu tivesse a chance de arrancar eles da panela. Finalmente, eu prestei bastante atenção ao aquecimento da cêra  e desta forma eu retirava do fogo antes de derreter a parte plástica dos captadores da guitarra.

Muito mais que um metrônomo, um baterista ! Você conhece o MP3 Audio Drums Kit ?

Quando pela primeira vez eu liguei no meu Marshall o som era fantástico, e agora o captador da minha guitarra não tinha feedbacks indesejáveis. Isso foi o céu para mim. Quando eu modifiquei tudo o que eu queria, era como se tudo estivesse perfeito; "não havia nada que pudesse me parar.

31-acordes-brinde


Fonte deste artigo:
http://www.popularmechanics.com/technology/a15615/how-eddie-van-halen-hacks-a-guitar/?src=spr_FBPAGE&spr_id=1457_183110270

Gostou do artigo ? Comente, curta e compartilhe !

Recomendado para você !